Primeira saída sem as gêmeas

Sábado deve ter sido uma das noites recentes mais felizes da minha vida, rs (a mãe louca exagera, mas nem tanto). Vou começar do começo!! Sábado foi aniversário de um amigo meu, Henrique. Como de praxe, ele criou um evento no facebook para convidar as pessoas para a comemoração e sem querer o Ricardo marcou que estaria presente. Fui depois tirar sarro dele: Uai Ricardo, vai pra festinha e vai deixar as nenens em casa comigo? Hahaha, brincadeira, pois isso não seria possível. Uma pessoa não tem como sozinha tomar conta de dois bebes de 3 meses, é praticamente impossível. Ele então disse que marcou pela força do hábito. Passou.

Depois fiquei com aquilo na cabeça e pensei: Quer saber, vou pedir pra minha babá passar o sábado a noite em casa e chamar uma amiga dela pra fazer companhia e ajudar com as babys. Resumindo as conversas entre patroa e empregada, consegui que as duas ficassem em casa enquanto eu e o Ricardo saíamos para fingir ainda ter uma vida social normal de jovens adultos de 23 anos. Vocês conseguem imaginar minha alegria? Depois de quase 4 meses trancada em casa, sem sair sozinha nem pra ir tomar um sol na varanda eu estava mais feliz que pinto no lixo (nunca entendi essa expressão, mas enfim).

Me arrumei, fiquei linda (tão linda quanto os quilinhos a mais da gravidez me permitiam) e lá fui com o “maridão”  toda pomposa pro karaoke! Chegamos lá relativamente atrasados e o lugar era trash demais até pro estilo desse meu amigo e achamos estranho. Além do mais, cadê o aniversariante? Vi convidados conhecidos e deduzi que era ali mesmo. Mas gente, vocês não tem noção. Tinha uma meia dúzia de gatos pingados, todos meio mau encarados, cantando umas músicas estranhas hahahaha. E a gente já tava mega sem graça. Magina, a gente NUNCA sai e quando sai vai pra um programa de índio desses.

Mas logo o Henrique chegou e os outros convidados também, além de vários amigos queridos que tinha tempo que não via por conta da gravidez! Deu pra conversar e matar uma saudade boa. E o lugar foi enchendo enchendo enchendo, que  no final, a noite que parecia ser um desastre foi realmente muito divertida.  Acabamos juntando com os outros caras e cantando todo mundo junto, e aplaudindo as performances alheias. Tinha cerveja gelada, um monte de amigos reunidos, música rolando solta no estilo mais brega e zuado do mundo… COMO não poderia ser ótimo?

Eu e Ricardo adoramos ter um tempinho só pra gente e pros nossos amigos! Tomar uma cerveja sem nos preocupar em ter que acordar de madrugada para cuidar de nenens e ainda poder acordar quase 7 horas da manhã! Dormimos muito e dormimos bem, o que é o sonho de todo pai de meninos pequenos.

E que essa seja a primeira saída de muitas ❤

Look: Blusa La Piccola Sartoria, Saia Maria Filó para C&A e Colar lindo como sempre Ana Agnol Acessórios.

Karaoke: Bar Casa Antiga – Rua Rio de Janeiro 1425 – Lourdes

Anúncios

2 thoughts on “Primeira saída sem as gêmeas

  1. Ahhhh que lindo, Nina! Mamães e Papais também precisam do tempinho do casal…
    Mel e Melissa já entendem isso, são boas garotas, rs, e passado esse tempinho de pequetitinhas demais vocês vão ter muitas noites dessas =]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s