Para minhas futuras papinhas – parte 1.

Quem é ou vai ser mãe, sabe a ansiedade que é esperar por uma nova conquista de seu filho. Ao mesmo tempo que não queremos que o tempo passe (aliás, quando dá muito trabalho a gente quer sim, mas sabe que vai sentir falta no futuro), queremos que algumas fases cheguem logo! Eu estou louca pra fazer e dar a elas a primeira papinha. Quando elas não tinham nem um mês eu já pesquisava algumas receitas no site da Abril Bebe e anotova todas que gostova num caderninho de receitas, rs!

O neném começa com as primeiras frutinhas, normalmente aos 6 meses (alguns antes, já me falaram que com 4, mas varia de bebe pra bebe e de pediatra também), as minhas estão com quase quatro! Esse mês elas já vão poder tomar o primeiro suquinho. Mas a Dra Cristina pediu para esperar a consulta para ela orientar direitinho. Perguntem se estou ansiosa!! Bom, o ponto é que não adianta, não podemos fazer nada além de esperar e curtir cada minuto (respirando fundo algumas milhões de vezes por dia).

Como a única coisa que me resta é esperar a fase das comidinhas, aproveitei para pesquisar pratinhos, talheres e visitar várias lojas para olhar preço e comprar algo que caiba no meu orçamento e compense o custo. Além de tudo isso, procurei me informar bastante e acabei aprendendo muitas coisas bacanas. Vamos por partes.

O que descobri sobre talheres:

Eu encontrei vários tipos, de silicone, de plástico mais resistente, térmicos e de aço inox como os que usamos. De cara já achei os de aço os mais lindos e aí é que vem as informações legais. Por mais que eles sejam lindos (e caros :/), não são muito bons para o bebe, principalmente para os primeiros contatos com o alimento um pouco mais sólido (frutinha amassada).

A vendedora da primeira loja que eu entrei –Loka Baby, me explicou que no começo, as primeiras colheres devem ser mais largas e rasas, pois o bebe não consegue fazer o movimento com a boca para pegar o alimento que fica no fundo do talher como nós. Ele só consegue pegar o que está mais na superfície. Ou seja, se a colher for muito funda, sempre vai ficar aquele restinho que o baby não vai comer. Além do mais, os pequenos estão sempre em movimento. Aqui, o ideal, é que a colher seja de silicone. Nessa época os primeiros dentes ainda não nasceram, então imaginem vocês um neném metendo a gengiva numa colher de plástico mais resistente ou mesmo numa de aço? É machucado e choro na certa!

Essa colher é só pro começo, acho besteira pagar caro, pois logo você vai trocar por uma mais adequado e que o bebe usará por mais tempo. Comprei as minhas na Araújo, das mais baratinhas que tinham.

Os de plástico mais resistente, são ideais para quando o bebe já consegue comer todo o alimento da colher. A colher de silicone é muito molinha e flexível, já não ajuda tanto nessa hora. A de aço inox, por outro lado é bastante resistente e ainda pode machucar um bocado o seu filhote. Considero então a colher de plástico como um talher de transição e além do mais, é mais portátil. Sempre bom ter pra quando for sair e precisar alimentar o baby fora de casa. Já é algo que vale a pena investir um pouquinho mais, pesquisar uma marca maneira, etc. Esses ainda não comprei. Sem  contar que você não precisa comprar uma de aço inox, pode ficar com a de plástico até que a criança comece a usar o mesmo talher que o seu.

Os de aço inox são o amor eterno! Lindos, mini e duráveis! Seu filho vai começar a usar quando tiver mais ou menos um ano. Os primeiros dentes já vão ter nascido e o pequeno passa a ter um pouco mais de noção das coisas, não vai sair metendo a boca na colher e se machucar, kkkk. Vão durar para o resto da vida se eles quiserem. A minha primeira faca que mamãe comprou quando eu era baby, tenho até hoje e uso. Acho que se você for uma pessoa ligada em casa e artigos de cozinha, não precisa ter vergonha de gastar um pouquinho mais nisso, pois realmente vai durar a vida toda. Os meus eu comprei na Tool Box, linha infantil da tramontina! Foi amor a segunda vista (eu tinah gostado de outro, mas era muito caro kkkk) e eu fiquei muito feliz com a compra.

_MG_7965

Olha as de aço da tramontina que gracinha! Tem um bichinho gravado em cada talher! Puro amor <3.  Reparem nessa colher torta! É a primeira colher que seu filho vai usar quando estiver aprendendo a comer sozinho. Como eles ainda não saber segurar o cabinho direito,Num próximo post escrevo sobre os pratinhos. É muita coisa e daí o post ficaria muito extenso.

Beijocas e espero que as dicas tenham servido de alguma coisa 🙂

Anúncios

One thought on “Para minhas futuras papinhas – parte 1.

  1. Pingback: Para minhas futuras papinhas – parte 2. | Querido Click,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s